Artigos Pedagógicos
  Avaliação Educacional
  Escola Digital
  Educação a Distância
  Educação Inclusiva
  Educação Infantil
  Estrutura do Ensino
  Filosofia da Educação
  Jovens e Adultos
  Pedagogia Empresarial
  Outros Assuntos
 História da Educação
 Linhas Pedagógicas
 Metodologia Científica
 Projetos/Planejamento
 Biografias
 Textos dos usuários

 Listar Todas
 Por Níveis
  Educação Infantil
  Ensino Fundamental I
  Ensino Fundamental II
 Por Disciplinas
  Matemática
  Língua Portuguesa
  Ciências
  Estudos Sociais
  Língua Inglesa
  Língua Espanhola

 Jogos On-line
 Desenhos para Colorir
 Contos e Poesias

 Glossário
 Laifis de Educação
 Estatuto da Criança
 Indicação de Livros
 Links Úteis
 Publique seu Artigo
 Fale Conosco

 
Busca Geral

 

Entrevistas e respostas

Tabela 1. Síntese das entrevistas realizadas pelas professoras.

Questões

Professora A

Professora B

1 - O que é educação para você? Preparação da criança para atuar em uma sociedade de mudança, descobrindo e respeitando o caminho dos outros. Todo o processo de desenvolvimento do ser humano em seus diversos ambientes sociais
2- Como você se percebe/ vê professor (a) da educação infantil? Você gosta dessa profissão? Apta e em busca de Novos conhecimentos. Gosto e tento desenvolver meu trabalho de forma afetiva. Percebo-me paciente e preocupada com a educação das crianças, gosto do que faço.
3- O que você acha importante estudar para o exercício da docência na Educação Infantil? 
Os valores humanos. Os níveis de desenvolvimento da criança e as metodologias.  
4 - A partir da sua prática como você avaliar o curso de formação profissional (Normal Médio ou Superior) que você?  
Considera de grande importância, pois abre novos horizontes e a faz um ser pensante.   Ambos os cursos vem buscando um aperfeiçoamento, proporcionando profissionais autônomos e críticos. 
5 - Quais as disciplinas (ou conhecimentos) que você identifica como importante na formação de um professor?  Psicologia, Filosofia,
Didática e metodologias
 
Psicologia, metodologias e didática.
6 - Em sua opinião, quais os principais desafios no trabalho com a Educação Infantil? Ter disciplina, obedecer a regras e o trabalhar com os valores morais. 
Ensinar as crianças a ter paciência. 
7 - Você encontra dificuldade para exercer sua pratica pedagógica na Educação Infantil? Justifique? Sim. Devido às estruturas físicas e institucionais. Sim.  Porque as crianças são muito inquietas.

Professora A

A docente tem 34 anos e possui o Normal Médio e no momento é graduanda do curso de Pedagogia e leciona há cinco anos na Rede Municipal de Jaboatão dos Guararapes. Podemos perceber que a mesma entende a educação como preparação da criança para atuar em sociedade (KRAMER, ROUSSEAU, WALLON, VIGOTSKY, entre outros) e se vê apta a desenvolver o trabalho na docência da educação infantil, reconhecendo os valores humanos fundamentais para o exercício de função. Além disso, a docente identifica as disciplina/conhecimentos Psicologia, Didática e Filosofia como primordiais na sua formação. Por fim, ela estabelece como um desafio, que enfrenta diariamente, manter a disciplina na sala de aula e fazer com que os alunos obedeçam às regras e pratique os valores morais.


Professora B

A docente tem 32 anos e fez o Normal Médio e é graduada em Pedagogia e no momento esta cursando pós-graduação em Educação Especial e leciona há  oito anos na Rede Municipal de Jaboatão dos Guararapes. A Professora B entende a educação como processo de desenvolvimento do ser humano nos aspectos cognitivo, físico e psicológico. Essa docente percebe-se como uma profissional paciente e preocupada em oferecer uma base sólida para o desenvolvimento futuro de seus alunos e para isso identifica como de fundamental importância para a sua prática docente as disciplinas de Didática, Psicologia, planejamento em sala de aula e elaboração de projetos. Já no que se referem os principais desafios no trabalho com esta área ela salienta a paciência e gostar de ensinar crianças.

Analisando as respostas das professoras acerca da concepção em relação à educação infantil, os relatos indicam diferentes apropriações do binômio teoria-prática: ao narrar como desempenhavam suas atividades, as professoras descreviam como completas de teoria e jogando o insucesso das atividades aos alunos e a infra-estrutura oferecida pela escola. Conhecer teoria, saber as razões de uma atividade, avaliar se as práticas executadas eram certas ou não, parecem ser elementos que orientam as falas das entrevistadas, que fazem uso de termos como "parte pedagógica", "dar atividades", "cuidar", "formação especial ou profissional". O uso frequente da conjunção adversativa permite inferir a importância que a teoria assume no discurso das educadoras em formação ou formadas. Faz parte do ser professor planejar e organizar a ação pedagógica; saberes que são tomados como referência para se compreender aquilo que era inadequado no passado.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Com a concepção de educação infantil, as creches passam a ser também um espaço de educação. A mesma atende uma clientela especial: crianças pobres, geralmente com comportamento indisciplinado e que por isso precisam de professores com competências adequadas para lhe dar com suas características peculiares. Nesse estudo acerca da temática, Concepção de infância do professor de educação infantil. Verificamos como são amplas, as discussões de teóricos sobre a educação infantil acerca da importância do fazer docente. Além disso, nos propiciou o conhecimento, entendimento e reflexão sobre a educação infantil e também analisarmos a importância do papel do educador nesse contexto escolar.

 
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS


- BARDIN, Laurence.(2000). Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70.

- BRASIL. Lei n.9394, Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Editora do
Brasil.


- BRASIL. Ministério de Educação e do Desporto. Referencial curricular
nacional para educação infantil
. Brasília, DF: MEC, 1998.

- CRAIDY, Carmem Maria.(2001). Educação Infantil e as Novas Definições da
Legislação
. In: CRAIDY, Carmem; KAERCHER, Gládis E. (orgs.). Educação
Infantil pra que te quero?. Porto Alegre: Artmed.

-  FREINET, Élise. (1979). O itinerário de Célestin Freinet: a livre expressão na pedagogia Freinet. Rio de Janeiro, Francisco Alves.

-  GADOTTI. Moacir. (1997). História das Idéias Pedagógicas. SP: Ática.

-  KRAMER, Sônia.(2003). Com a pré-escola nas mãos: uma alternativa curricular para a educação infantil. SP: Ática.

-  KRAMER, Sônia; LEITE, Maria Isabel.(1996). Infância: Fios e Desafios da Pesquisa. SP: Papirus.

- ROUSSEAU, Jean-Jacques. (1995). Emílio ou Da educação. São Paulo: Martins Fontes.

- SAMPAIO, Rosa Maria W. F.( 1989). Freinet: evolução histórica e atualidades. São Paulo: Scipione.


Anterior  

Curta nossa página nas redes sociais!

 

 

Mais produtos

 

Sobre Nós | Política de Privacidade | Contrato do Usuário | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2008-2014 Só Pedagogia. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Grupo Virtuous.