Você está em Artigos

O Uso das Fábulas através da Literatura Infantil no Desenvolvimento Gramatical Infantil

Autor: Ana Paula Quintanilha Bastos De Jesus
Data: 23/03/2016

RESUMO: O presente artigo procura-se demonstrar o processo de socialização e interação, resgatando assim o aprendizado da linguagem integral da criança que, quando é trabalhado com seriedade e responsabilidade pelo professor, fazendo do uso das fábulas com  um instrumento a mais nesse processo. Utilizando-se de sua sensibilidade para que o processo educativo avance sempre, utilizando essa valorosa ferramenta que é as fabulas.

Palavras-chave: fábula, linguagem, aprendizagem, criatividade, socialização.

ABSTRACT: This article seeks to demonstrate the process of socialization and interaction, thus rescuing the learning of the full language of the child who, when working with seriousness and responsibility by the teacher. Making the use of fables with an instrument more in this process, using is its sensitivity to the educational process always go using this valuable tool is the fables.

Keywords: fable, language, learning, creativity , socialization.

SUMARIO
Este artículo busca demostrar el proceso de socialización e interacción, rescatando así el aprendizaje de la lengua completa del niño que, cuando se trabaja con seriedad y responsabilidad por parte del profesor, por lo que el uso de fábulas con un instrumento más en el proceso . Usando su sensibilidad para el proceso educativo proceder siempre, el uso de esta valiosa herramienta es las fábulas.

Palabras clave: fábula, el lenguaje, el aprendizaje, la creatividad, la socialización.


INTRODUÇÃO

Esse artigo apresenta de forma crítica e artística as fábulas como ferramenta que podem contribuir para o ensino/ aprendizagem. A infância é a idade das fantasias e através dessa fantasia que a criança aprende e consegue sanar as dificuldades.

O ensino interativo na educação infantil traz mais resultados do que o ensino tradicional muitas vezes não supre. A criança produz através da fantasia e das  palavras que se tornam em aprendizado. Obtendo palavras, a linguagem da criança ou é dada ou retida, deixa transbordar ou controla parcimoniosamente além de associar e substituir a presença da mãe com uma imagem sonora, que a mesma entende na realidade.

Então se pode dizer que a criança não pode falar de acordo a gramática ativa, por a mesma não combinar quaisquer de suas palavras em enumerados mais extensos, porém a criança é munida de um mecanismo perceptivo básico para decifrar o código linguístico.

Atualmente de acordo com a problematização, percebe-se que as crianças apresentam grandes dificuldades linguísticas. Vale ressaltar que tal constatação não é algo novo, por esse motivo muitos estudos vêm sendo realizados.

Entretanto nos últimos anos, o problema vem se agravando, o que aponta para a necessidade de uma preocupação maior com o que se aprende, como  observa, com a que se ensina.  

Nesta análise ressalta que muitas vezes os métodos, estão distantes do interesse da criança, o que justificaria a significativa dificuldade dos professores em relação ao processo ensino, aprendizagem da parte linguística gramatical. De acordo aos procedimentos, será bibliográfico, pois se desenvolve a partir de material já elaborado, constituído de livros e artigos científicos, relevantes a esta discussão.



  Próxima
Como referenciar: "O Uso das Fábulas através da Literatura Infantil no Desenvolvimento Gramatical Infantil" em Só Pedagogia. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2019. Consultado em 20/02/2019 às 10:59. Disponível na Internet em http://www.pedagogia.com.br/artigos/o_uso_das_fbulas/