Você está em Material de apoio > Biografias

Comenius

João Amós Comênio (Comenius) nasceu em 1592 em Nivnice, Moravia (hoje República Tcheca). Era de família eslava e praticante do protestantismo.

Sua educação foi rígida e piedosa, sendo que exerceu grande influência sobre o espírito de Comenius, influenciando sua vocação para os estudos teológicos. Sua infância foi trágica. Aos 12 anos seus pais e suas duas irmãs morreram, tendo ele ficado só e ao abandono. Sendo obrigado a viver com uns tutores rudes, contribuindo para que sua educação infantil fosse tão descurada.

Aprendeu seus rudimentos de leitura, escrita, cálculo e catecismo, em uma escola dos irmãos Morávios. Na juventude, seu modelo de escola era simplesmente desestimulador. Possuía em particular, uma seriedade sombria, era desprovida de atrativos, e usavam a prática da famigerada pedagogia da palmatória, causando-lhe profunda decepção.

Ao concluir seus estudos secundários, optou pela carreira eclesiástica, quando estudou Teologia na faculdade Calvinista de Herborn, na Alemanha, onde se entusiasmou com as ideias de filósofos que criavam uma concepção de ciência baseada no empirismo.

Teve que fugir para Polônia, no início da Guerra dos 30 Anos, em 1618, o rei Ferdinando II decidiu reimpor o catolicismo. Comenius ficou muito revoltado com a situação e decidiu escrever obras filosóficas e pedagógicas satirizando a ordem vigente e propondo mudanças radicais. Os pensadores da Inglaterra ficaram seduzidos pelas ideias de Comenius e convidaram para trabalhar no país, mas o projeto foi abortado pela Guerra Civil Inglesa.

Seus livros de texto ilustrados para o aprendizado de línguas e de ciências tinham se tornado uma bem-sucedida novidade nas escolas da Europa.

Comenius estabeleceu-se em Amsterdã, onde permaneceu até morrer, em 1670.

Como referenciar: "Comenius" em Só Pedagogia. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2019. Consultado em 16/10/2019 às 11:42. Disponível na Internet em http://www.pedagogia.com.br/biografia/comenius.php